VANDALIZAÇÃO EM MOCÍMBOA DA PRAIA



Os actores da vandalização havida em Mocímboa da Praia, na província de Cabo Delgado, são cidadãos moçambicanos, segundo Daviz Mbepo Simango, presidente do Movimento Democrático de Moçambique (MDM).

Simango não descarta a hipótese de envolvimento de alguns cidadãos estrangeiros insatisfeitos.

Para colmatar o problema, Simango exige que o governo use os instrumentos a seu dispor para conhecer a real motivação da vandalização naquele ponto do país e partilhar com o resto da sociedade. Porém, sublinha a necessidade de evitar-se que, no âmbito da investigação e perseguição dos culpados, se caminhe para eliminação de liberdade religiosa islâmica e muçulmana, na região norte do país.   

Daviz Simango fez estes pronunciamentos a escassas horas do final do ano, num briefing com jornalistas.  

Deixa seu comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar on "VANDALIZAÇÃO EM MOCÍMBOA DA PRAIA"

Deixa seu comentário

O seu email não será publicado.


*