ROUBO DE MEDICAMENTOS NO SISTEMA NACIONAL DE SAÚDE



Um agente de serviço roubava medicamentos no Sistema Nacional de Saúde e, com recurso aos mesmos, tratava doentes em uma clínica clandestina instalada em sua própria residência. Segundo o médico chefe em Inhambane, Stélio Tembe, o caso foi despoletado no distrito de Jangamo pela inspeção provincial, depois de denúncia popular.  

Segundo Tembe, o sector de saúde anda preocupado com o comportamento menos digno de agentes de serviço e demais funcionários, não obstante acções que tem sido levadas a cabo para desencorajar o roubo de medicamentos. A fonte garante que foi instaurado um processo disciplinar contra o agente em causa e que o mesmo segue tramitos legais e arrisca a uma expulsão do Sistema Nacional de Saúde.

De referir que, aliado ao roubo de medicamentos, o mau atendimento continua um mal por estancar nos hospitais da província de Inhambane. Segundo o médico chefe provincial, inúmeras são as denuncias registadas dia após dia e que estão a merecer um acompanhamento integral.    

Deixa seu comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar on "ROUBO DE MEDICAMENTOS NO SISTEMA NACIONAL DE SAÚDE"

Deixa seu comentário

O seu email não será publicado.


*